Voltar ao seu normal quando descobriu como ser diferente

Actualizado: may 17

Lições do Modus Supervivere não assimiladas pelo apego ao nosso Modus Operandi



Photo by Kaleb Tapp on Unsplash


Voltar... Quando aprendeu...


Voltar a operar pessoalmente quando aprendeu o valor de operar remotamente

Pedir aos seus colaboradores para voltarem a trabalhar no seu escritório, para estarem fisicamente presentes no edifício da sua empresa, para se reportarem para que os veja trabalhar, para usufruir dos espaços de trabalho que criou para eles. Voltar a isso ignorando que por meses você operou remotamente, você confiou que seu colaborador poderia trabalhar sem sua supervisão. Você aprendeu que seus funcionários são profissionais. Você entendeu que a colaboração não vem da presença física, mas de um propósito compartilhado.


Voltar a ter o cliente vindo até você quando aprendeu o valor de ir onde ele está

Pedir novamente aos seus clientes que venham à sua oficina, à sua sala de espera, à sua filial, para que o visitem, para forçá-los a esperar nas suas instalações para deixar seus carros, para receber o seu serviço, para adquirir o seu produto. Voltar a isso, ignorando que durante meses você foi até onde estão seus clientes, retirou seus carros de suas casas, prestou seus serviços por meio eletrônico, levou seus produtos aonde quer que estivessem. Você aprendeu que o seu serviço, o verdadeiro serviço, é estar onde seu cliente está. Você entendeu que o objetivo do seu negócio é abraçar o contexto de necessidade.


Volte a ser um generalista indiferenciado quando aprendeu o valor de ser diferente e específico

Voltar a entregar seu produto sem marca, sem identidade e sem referência, retornar a um produto generalizado sem conexão com você. Voltar ao geral, às listas de mala direta automatizadas, ao seu produto sem nenhum nome ou conexão com você. Voltar a isso, ignorando que durante meses você se empenhou para criar não uma marca, mas uma relação de serviço pessoal; você investiu tempo em ser diferente, em aperfeiçoar uma proposta específica para seus clientes. Durante meses você deu aos seus produtos um toque de você mesmo, com um rótulo, uma nota pessoal, uma mensagem empática e artesanal que você escreveu apenas para eles. Você aprendeu que seus clientes desejam ser tratados como indivíduos, desejam produtos que reflitam quem você é. Você entendeu que uma relação comercial verdadeira e significativa não é gerada por empatia por seus produtos, mas como um produto de sua empatia por seus clientes.


Concentrar-se novamente na experiência externa quando aprendeu o valor de apreciar e nutrir o interior

Voltar a focar-se no exterior, na viagem, no aeroporto, na estrada, na rua, no centro comercial, no que antes lhe dava a sua identidade ao viver fora do ambiente em que agora se encontra; reavaliar e priorizar a busca por experiências externas. Voltar a isso, ignorando que por meses você concentrou sua energia e atenção em casa, em sua família, em seus vizinhos, em seu espaço interior, em você mesmo. Você aprendeu a valorizar e a nutrir o que está próximo, aprendeu a redefinir seu espaço, a reconstruir suas relações, a reenquadrar a importância de seu lugar. Você compreendeu que o que lhe dá sentido como pessoa é valorizar, apreciar, focar no seu interior, no íntimo, nos entes queridos, no pessoal, para então definir o seu exterior, o compartilhado, o público.


Tudo isso você aprendeu; tudo isso você entendeu nestes meses.


Aprender é deixar de lado o que teria que ser "porque sempre foi assim" e focar intensamente no que deverá ser "porque será assim" de acordo com o que você agora entende ser realmente necessário.


É hora de mostrar que assimilou as lições.

É hora de deixar seus antigos hábitos, redefinir o caminho, dar o próximo passo.

É hora de capitalizar os aprendizados.


_________________________________________________________________________


O que tem em mente?

Agradeço suas opiniões e comentários. Escreva-me.

e-mail: victor.gonzalez@sperientia.com / twitter: @vmgyg

Quer saber como melhorar a experiência de seus produtos ou serviços? Entre em contato conosco:

Sperientia [studio+lab]®

www.sperientia.com

_________________________________________________________________________

All rights reserved

Copyright © 2019-2021 Víctor M. González

Todos os direitos reservados por Víctor Manuel González y González.

Sperientia, Sperientia [studio+lab] são marcas registradas.

Todas as opiniões expressadas aqui são pessoais e não representam a opinião dos meus atuais ou anteriores funcionários, clientes ou sócios.





11 vistas0 comentarios

Entradas Recientes

Ver todo